Junto com o filho e a nora, Euvaldete Ferro deve mais de R$ 3 milhões aos cofres municipais de Camocim

Junto com o filho e a nora, Euvaldete Ferro deve mais de R$ 3 milhões aos cofres municipais de Camocim

A candidata à prefeitura de Camocim, Euvaldete Ferro, tem um débito exorbitante com os cofres municipais. Junto do filho, Ricardo Ferro, e da nora Iracema Gonçalves Araujo, a dívida supera a marca de R$ 3 milhões.

Os valores foram lançados pela própria prefeitura e dizem respeito aos processos administrativos referentes às contas desaprovadas nos anos de gestão da família de Chico Vaulino, ex-prefeito e marido de Euvaldete.

Enquanto prefeito, Vaulino empregou a esposa como secretária de Ação Social, a nora como Secretária da Saúde e o filho esteve como Secretário de Gestão Administrativa. Todos fazem parte da estatística que classifica os Vaulino como a "Família Ficha Suja".

Por conta de suas duas contas desaprovadas, Euvaldete tem uma dívida em multas que soma R$ 99 mil. Iracema também teve duas contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Ceará (TCE/CE), e as multas que ela recebeu ultrapassaram o impressionante valor de R$ 1,3 milhão.

Ricardo, por sua vez, conseguiu bater o recorde da mãe e da nora. Ele possui quatro contas desaprovadas por irregularidades e dívida com valor de R$ 2,2 milhões.

Iracema Gonçalves tentou voltar para a vida política, se candidatando à vereadora, mas teve sua candidatura impugnada exatamente por conta das suas contas desaprovadas. Euvaldete é candidata à prefeitura, tentando levar a "Família Ficha Suja" de volta ao gabinete da Administração municipal.