Governadores do nordeste fizeram um consórcio que é investigado por fraudes e ainda paga salários de 19 mil a seus funcionários

Governadores do nordeste fizeram um consórcio que é investigado por fraudes e ainda paga salários de 19 mil a seus funcionários

A denúncia vem da Paraíba, onde aparentemente os órgãos de controle estão mais atentos aos gastos do Consórcio Nordeste. Segundo o deputado estadual Walber Virgolino, que foi secretário aqui no RN, os salários pagos pelo Consórcio aos seus funcionários chega a casa dos R$ 19 mil.

O valor é pago ao secretário executivo do Consórcio, Carlos Gabas, o mesmo que disse que o grupo só vai se pronunciar no “momento oportuno” e vem mantendo silêncio sobre as seguidas compras fracassadas e questionadas de respiradores.

Além dele, o tem ainda nove analistas técnicos, com salários que variam de R$ 17.500 a R$ 15.500. Segundo Walber Virgolino, entretanto, não há informação sobre quem ocupa esses cargos.

Créditos: Blog do Gustavo Negreiros