Conhecido por jogar retroescavadeira em manifestantes, Cid Gomes chama Bolsonaro de genocida

Conhecido por jogar retroescavadeira em manifestantes, Cid Gomes chama Bolsonaro de genocida

O senador cearense Cid Ferreira Gomes criticou o presidente da República, Jair Bolsonaro, após o Brasil ultrapassar a marca de 200 mil mortes por Covid-19.

Através de suas redes sociais, Cid chamou Bolsonaro de despreparado e disse que o presidente é um genocida.

“O desprezo começou com a primeira morte; junto veio a negação a todos os marcos civilizatórios. Hoje, atingimos a trágica marca de 200 mil brasileiras e brasileiros mortos. E a incompetência continua. O presidente, despreparado, teima em não reconhecer a pandemia. É um genocida.”

Cid Ferreira Gomes ficou conhecido nacionalmente quando utilizou uma retroescavadeira para tentar invadir um batalhão onde policiais e familiares estavam abrigados durante greve.

Na ocasião, os policiais reivindicavam aumento salarial em todo o Estado do Ceará, incluindo em Sobral, local que o ex-governador cearense tentou invadir.

Sobre o Covid-19

Segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde e divulgado em um boletim extra, o Brasil atingiu, nesta quinta-feira (07/01) o total de óbitos registrados é de 200.011, com 7.921.803 casos confirmados.

Com informações do Focus.jor