Cid pisou em ovos com Moro

Cid pisou em ovos com Moro

Fraca e acanhada a participação do senador cearense Cid Gomes na audiência com o ministro Sérgio Moro, hoje (19/06) na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Cid Gomes, irmão de Ciro Gomes, gaguejou e tergiversou. Disse não querer tomar partido, mas pisando em ovos, acusou Moro de ter sido “sensacionalista” quando juiz da LavaJato, fazendo uma pálida defesa do jornalista Glenn Greenwald do site The Intercept. E mais uma vez insistiu em sua inútil cruzada de negar, relativizar e reduzir a importância do combate à corrupção no Brasil. Por que será?

Cid Gomes também demonstrou desconhecimento sobre o novo CPC, Código do Processo Civil, recentemente reformado para dar mais poderes aos juízes como forma aumentar a celeridade dos julgamentos, ajudando a coibir a prática das postergações.

Cid, sem dizer como fazer, prôpos dois juízes por processo, um para instruir e outro para sentenciar. Pela quantidade reduzida de juízes que temos, tal medida aumentaria ainda mais a morosidade dos julgamentos.

Moro não deu muita bola, até porque Cid Gomes não fez declarações novas na audiência. Apenas repetiu o que outros senadores já haviam falado.