Ação da PF em Fortaleza apura repasses da JBS para grupo político de Cid Gomes

Ação da PF em Fortaleza apura repasses da JBS para grupo político de Cid Gomes

A operação da Polícia Federal (PF) realizada em Fortaleza estaria apurando repasses da JBS para o grupo político dos Ferreira Gomes.

Segundo o Antagonista, os mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos são conta empresas que teriam sido utilizados pela J&F, dona da JBS, para repassar R$ 25 milhões de reais para o grupo.

As empresas alvos dos mandados são, em sua maioria, do setor de marketing e propaganda. Conforme as informações divulgadas pela PF, a Operação Marquetagem apura condutas "potencialmente ilícitas" de políticos e empresários na liberação de créditos tributários provenientes do Programa de Incentivos às Atividades Portuárias e Industriais do Ceará (Proapi), em troca do recebimento de vantagens indevidas.

Leia mais em: PF cumpre mandados da Lava Jato no Ceará e em mais dois estados

Os pagamentos teriam ocorrido por meio da simulação da prestação de serviços publicitários, do uso de notas fiscais frias e de doações oficiais para campanhas eleitorais nos anos de 2010 e 2014, segundo informações do G1.

Caso sejam comprovados os crimes, os investigados podem responder por falsidade ideológica eleitoral, corrupção, lavagem de dinheiro e por integrar organização criminosa.