Um mês depois, governo do Ceará comenta a mancha de óleo nas praias nordestinas

Um mês depois, governo do Ceará comenta a mancha de óleo nas praias nordestinas

Em reunião realizada na sede da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) com representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Sema, Secretaria de Turismo (Setur), Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e a Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis), o Governo do Estado do Ceará decidiu informar, sobre o óleo derramado em alto mar e que atingiu a costa do Nordeste.

Segundo a Casa Civil, o Governo do Ceará está dispondo todos os recursos para mitigar os impactos do óleo derramado. “Há 12 dias não há notícia da mancha de óleo perto da nossa costa nem a informação de novas praias contaminadas pelo óleo”, alega — informação que contraria a relação de praias poluídas que constam no site do Ibama.

Informou também que a Semace mantém equipes de plantão e disponibiliza o telefone 0800.275223 para receber informações sobre a ocorrência de óleo nas praias, sobre o achado de animais oleados e sobre o avistamento de manchas de óleo no mar; que a Semace recolhe corretamente o óleo das praias – um resíduo perigoso – e o envia para a queima em um forno licenciado para este tipo de combustão; e que recolhe animais e cadáveres de animais oleados, e os entrega em centro de recuperação e de pesquisa, e acionará as autoridades se houver a necessidade de conter o óleo do mar, antes de chegar à praia.

Na mesma reunião, ficou decidido que o Governo do Ceará seguirá apoiando o Ibama e as prefeituras, com ações emergenciais que protejam o meio ambiente e tragam segurança à sociedade.

Anunciou ainda que vai realizar hoje (quarta-feira, 9) e amanhã (quinta-feira, 10) um sobrevôo de todo o litoral, para observar a ocorrência de mancha de óleo próxima à costa, com a participação de técnicos da Semace, do Ibama e representantes de ONGs ligadas ao meio ambiente, para vistoriar por terra de todo o litoral, para observar a ocorrência de mancha de flocos de óleo nas praias, com a participação de pessoal do Detran, Corpo de Bombeiros e da Sema.

O governo também prometeu limpar a praia da Sabiaguaba, em Fortaleza, para retirar o óleo que ainda resiste naquela faixa do litoral. E agendou nova reunião para amanhã (quinta-feira, 10), com o mesmo grupo de trabalho, para “avaliar os esforços e replanejar as ações do Governo do Estado para os dias seguintes”.