Prefeitura de Sobral retém mais de R$ 4 milhões em recursos destinados à Santa Casa de Misericórdia

Prefeitura de Sobral retém mais de R$ 4 milhões em recursos destinados à Santa Casa de Misericórdia

A prefeitura de Sobral, através da Secretaria Municipal de Saúde reteve valores destinados à Santa Casa de Misericórdia, que seriam aplicados no combate ao Covid-19. No total, mais de R$ 4 milhões não foram entregues à unidade de Saúde.

Os valores estão discriminados no Diário Oficial do Município, na publicação do dia de julho de 2020, sob as portarias 1.393 e 1.488.

Segundo o documento, o valor a ser destinado ao Hospital do Coração e a Santa Casa de Misericórdia seriam divididos em duas parcelas: uma de R$ 1.956.291,51 e uma segunda de R$ 12.555.454,42.

Entretanto, desse montante que ultrapassa R$ 14 milhões, cerca de R$ 4,6 milhões foram retidos, não tendo o destinamento correto.

Os extratos dos termos desses convênios, também identificados no Diário Oficial, foram assinados pela titular da Secretaria da Saúde de Sobral, Regina Célia Carvalho da Silva, e pelo diretor geral da Santa Casa, Klebson Carvalho Soares.