Pastor sacrifica cabra em pleno culto para relembrar morte de Cristo na cruz

Um pastor evangélico provocou a indignação de milhares de pessoas ao redor do mundo após uma iniciativa sua virar notícia: ele decidiu sacrificar uma cabra dentro do templo do Ministério MIEL no município de San Marcos, Honduras, durante um culto que dirigia, para lembrar a morte de Cristo.

O pastor René Henríquez subiu em uma mesa redonda de madeira com a ajuda de um jovem. Enquanto outro frequentador segurava uma cruz de madeira atrás do animal.

Como o pastor explicou em seu discurso, ele queria exemplificar de uma maneira mais “realista” o sacrifício que Jesus viveu antes de ser crucificado. O “Filho de Deus”, nomeado em homenagem aos seguidores do cristianismo, “se rendeu como um cordeiro para salvar homens e mulheres de seus pecados”.

De acordo com informações do portal Noticia Cristiana, Henriquez pegou o animal e disse que, como Jesus, “ele não sabia que estava sendo levado para o matadouro”. Dessa maneira, eles se lembrariam da “Paixão e morte de Jesus”.

Após alguns minutos de pregação, o pastor disse: “Há alguém aqui que deve morrer; Estou exemplificando isso esta noite para descrever a você que o sangue de Jesus está vivo”. Então ele pegou a faca e cortou o pescoço do animal. Instantaneamente, o animal gritou e morreu.

Depois de tirar a vida da cabra, ele manchou as mãos com sangue e limpou-as com a camisa branca, enquanto repetia: “Seu sangue foi derramado, seu sangue foi derramado”. Durante a apresentação, alguns membros da igreja foram ouvidos entusiasmados com as palavras do pastor e aplaudiram a ação.

Críticas

Uma pessoa gravou a cerimônia e a compartilhou, causando reações de rejeição contra o pastor. Algumas pessoas dizem que René Henríquez “está errado”, enquanto outros argumentam que “Deus não quer mais sacrifícios de sangue, mas ensinamentos de amor”.

“Infelizmente, como eles manipulam pessoas humildes”, lamentou outro crítico.

A organização de resgate e proteção de animais hondurenha La Casa de Noé apresentou uma queixa formal contra o pastor Henríquez, por crueldade animal ao sacrificar a cabra em um culto na igreja. Os reclamantes exigiram das autoridades uma investigação minuciosa e punição aos religiosos de acordo com a lei de proteção animal.