Ministerio da Justiça deflagra mega operação policial no Ceará e mais 10 estados — alvo: as damas do PCC

Ministerio da Justiça deflagra mega operação policial no Ceará e mais 10 estados — alvo: as damas do PCC

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), através da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), em parceria com secretarias estaduais de Segurança Pública de 11 estados, além da Polícia Federal realiza a 2ª fase da operação Flashback.

O objetivo da ação é desarticular a nova composição do Primeiro Comando da Capital (PCC) baseada no Mato Grosso do Sul.

A primeira fase da Operação Flashback ocorreu em novembro de 2019, quando foram cumpridos 110 mandados e 81 pessoas foram presas. Agora,

Segundo as investigações policiais, ficou comprovada uma maior participação de mulheres nas facções criminosas, ocupando cargos de liderança — as chamadas "damas do crime", com perfil igualmente violento ao dos homens da facção.

Na Flashback 1, apenas sete mulheres foram presas. Nesta segunda fase, 40 mulheres são alvos de mandados de prisão e busca e apreensão.

Ceará — No Ceará, a Flashback 2 foi deflagrado pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) por meio do CPChoque (Comando de Policiamento de Choque), do CPRaio (Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas), do POG (Policiamento Ostensivo Geral) e da Asint (Assessoria de Inteligência) na manhã de hoje, 28, com previsão para ocorrer durante todo o dia.

A Operação aconteceu simultaneamente, nos municípios de Sobral (com cinco mandados de prisão expedidos), Santana do Acaraú (com três mandados de prisão), Hidrolândia, Nova Olinda e Senador Pompeu (com dois mandados cada) em Acopiara, Boa Viagem, Crato, Jaguaruana, Juazeiro do Norte, Mauriti, Novo Oriente, Paraipaba, Russas, Tianguá (com um mandado cada), além de nove mandados na capital Fortaleza nos bairros Barroso, Jangurussu e Granja Portugal.

Em toda região nordeste a operação aconteceu em Alagoas, Paraíba, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Piauí. Além de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Paraná.