Estatísticos da UECE calculam fim da pandemia no Ceará entre os dias 29 de maio a 4 de junho

Estatísticos da UECE calculam fim da pandemia no Ceará entre os dias 29 de maio a 4 de junho

Um estudo realizado pelos estatísticos ANTONIO VASQUES (Doutor em Ciências pela UNICAMP, Professor Associado da UECE) e NONATO DE CASTRO (Doutor em Estatística pela UFRJ, Professor Adjunto da UECE) projeta, com 98,7% de probabilidade, o declínio da pandemia no Ceará entre os dias 29 de maio e 4 de junho, quando será possível permitir a saída da população do isolamento horizontal com segurança.

Na apresentação do estudo, primeiro do gênero no Ceará, os estatísticos criticam as autoridades governamentais cearenses, que agem como se estivessem desobrigadas a informar claramente quando a pandemia chegará ao seu pico máximo no Ceará e também quando terminará. Na avaliação dos estatísticos, o pico e o declínio da pandemia são indagações populares que estão sem respostas efetivas, apenas embalada pela histeria coletiva.

“Nos propusemos, como contribuição para maior clareza no entendimento do fluxo da pandemia, a respondê-las”, afirmam os estatísticos no estudo divulgado.

O estudo está baseado em números oficiais fornecidos pela secretaria estadual de Saúde.

1234

Image