Efeito Bolsonaro: 43 cidades do Paraná vão reabrir o comércio na quarta

Efeito Bolsonaro: 43 cidades do Paraná vão reabrir o comércio na quarta

‘Não podemos comprometer a estabilidade econômica, que garante a manutenção dos serviços públicos, inclusive a existência humana’, diz um prefeito

Em assembleia por videoconferência realizada na sexta-feira, 43 prefeitos da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná decidiram, por unanimidade, reabrir gradualmente o comércio nas cidades da região a partir desta quarta.

“A manutenção dos serviços públicos depende de receita que entra no caixa da prefeitura, resultante do faturamento das empresas. Uma coisa está ligada à outra. É preciso serenidade neste momento. Sem produção não há receita, e sem receita poderá haver um apagão de todos os serviços públicos, inclusive a saúde”, diz o prefeito de Jesuítas e presidente da Amop, Junior Weiller.

Segundo Junior, projeções do repasse do Fundo de Participação dos Municípios, principal fonte de arrecadação da maioria das prefeituras, especialmente as de pequeno e médio portes, mostram queda de 20% neste período de pandemia: “Não podemos comprometer a estabilidade econômica, que garante a manutenção de todos os serviços públicos, inclusive a existência humana”.

É o discurso de Jair Bolsonaro ganhando prefeitos e chegando ao interior do país, onde a rede de saúde é ainda mais precária do que nas regiões metropolitanas.