Completou um ano caso do gato na incubadora de uma maternidade no Piauí; mais de 200 bebês morreram no local

Completou um ano caso do gato na incubadora de uma maternidade no Piauí; mais de 200 bebês morreram no local

Um médico, que preferiu não ser identificado, encaminhou ao Portal Encarando uma foto, que segundo ele, seria do Centro de Obstétrico da Maternidade Dona Evangelina Rosa, onde mostra um gato ao lado da incubadora de um bebê prematuro.

A Maternidade vem sendo alvo de constantes polêmicas e chegou a ser interditada, em novembro do ano passado, pelo Conselho Regional de Medicina (CRM-PI), após o aumento da mortalidade neonatal e mortes de mães por infecção hospitalar.

De acordo com o médico, a cena foi flagrada por um aluno e demonstrou desânimo ao falar sobre a situação da maternidade.

“É uma tristeza muito grande a situação em que a maternidade se encontra. E não só ela, o Hospital Infantil está ainda pior. Confesso que estou cansado, desanimado mesmo em lutar. Acho que chegou a hora de jogar a toalha”, relatou.

Em outro caso recente, uma paciente denunciou que roupas de grávidas e até mesmo enxoval de bebês estavam sendo colocados em sacos de lixo e guardados no chão em uma sala da maternidade.