Comissão visitará campos de concentração em Senador Pompeu dia 27 para viabilizar tombamento

Comissão visitará campos de concentração em Senador Pompeu dia 27 para viabilizar tombamento

Uma agenda importante para a cultura cearense acontece dia 27 de julho.

Nesta data, uma comissão que trata do tombamento dos casarões que formam o campo de concentração do Patu, em Senador Pompeu, visitará o local. Estarão presentes o deputado estadual Acrísio Sena (PT), vice-presidente da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa; Maurício Jucá, prefeito do município; Cristina Holanda, coordenadora de Patrimônio e Memória da Secretaria Estadual de Cultura (Secult); o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Wally Menezes, além de professores, pesquisadores e alunos.

Segundo Acrísio Sena, que também é historiador, já existe tombamento municipal e está em curso o processo de tombamento estadual do Sítio Histórico do Patu, bem como do registro da Caminhada da Seca. “Há ainda um o projeto de restauro dos casarões. Este é um passo importante para a preservação da nossa história e identidade cultural, pois os campos de concentração espalhados pelo Ceará no início do século XX tinham o objetivo de isolar dos demais os retirantes que tentavam sobreviver à seca do sertão fugindo para a capital”, explica. Senador Pompeu é o único município que ainda guarda ruínas dos campos de concentração que lá existiram entre 1932 e 1933.