CNJ se perdeu nas contas e não sabe quantos presos foram soltos em virtude da pandemia do COVID-19

CNJ se perdeu nas contas e não sabe quantos presos foram soltos em virtude da pandemia do COVID-19

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) não sabe quantos presos foram soltos após emitir uma resolução que recomenda a soltura de condenados com risco de ter o novo coronavírus (covid-19), informa O Antagonista.

Em resposta a um ofício do líder do Podemos na Câmara, Léo Moraes, o secretário-geral do CNJ, Carlos Adamek, afirmou que ainda está sistematizando os dados:

“Dentro do escopo do monitoramento da implementação da Recomendação CNJ nº 62/2020, este Conselho está providenciando a sistematização de dados que permitam avaliar a aderência às diretrizes exaradas no referido ato, o qual, frise-se, teve seu mérito reconhecido pelos Tribunais Superiores e por instituições de relevo como o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH)”.

No mesmo ofício, o líder do Podemos questionou também se o CNJ prorrogaria a recomendação, que tem prazo até a próxima segunda-feira (15). No entanto, o conselho não respondeu.

Créditos: Gazeta Brasil

Image