Financiamento de imóveis cresce 48% e supera R$ 2 bilhões no Ceará em 2020

 Financiamento de imóveis cresce 48% e supera R$ 2 bilhões no Ceará em 2020

Impulsionado pela baixa na taxa de juros, o mercado imobiliário no Ceará registrou avanços em 2020 mesmo com a pandemia.

Em todo o ano, foram financiados mais de 7,5 mil imóveis, totalizando R$ 2,01 bilhões em operações, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O número de unidades é 34,5% maior que o observado em 2019, enquanto a alta em valores chegou a 48,8%.

Somente em dezembro, os cearenses financiaram 1.317 imóveis, correspondentes a R$ 413,8 milhões, consolidando o mês como o melhor do ano.

Em relação a dezembro de 2019, quando o Estado registrou 956 imóveis financiados, o avanço no volume de unidades adquiridas através de crédito imobiliário foi de 37,8%. Já o valor das operações, que atingiu a marca de R$ 193 milhões em dezembro daquele ano, mais do que dobrou, com alta de 114,3%.
Evolução sucessiva

Ainda conforme dados da Abecip, o último trimestre de 2020 foi de sucessivos aumentos nas operações de crédito imobiliário. Em outubro, o levantamento aponta 708 unidades financiadas, número que passou para 850 em novembro, chegando a 1.317 em dezembro.

Os valores também acompanharam o número de imóveis, saindo de R$ 182,2 milhões em outubro para R$ 230,3 milhões em novembro e indo a R$ 413,8 milhões em dezembro.

O mês de abril, quando a pandemia atingiu o seu auge no Estado, foi de menores resultados. Foram apenas 325 imóveis, totalizando R$ 76,2 milhões. Ainda assim, os números foram melhores que o pior mês de 2019, que foi março, com somente 309 unidades e R$ 78,11 milhões financiados.