Diretor de negócios da Apex-Brasil, Lucas Fiuza cumpre agenda nos EUA

Diretor de negócios da Apex-Brasil, Lucas Fiuza cumpre agenda nos EUA

Em visita oficial aos Estados Unidos, o diretor de Negócios da Apex-Brasil, Lucas Fiuza, realizou atividades nas cidades de Nova York e Washington DC.

O executivo participou da 6ª edição do Latin America GRI 2022 - Infrastructure & Real Estat. O evento contou com a presença de líderes do setor, investidores e autoridades brasileiras como o secretário especial de desestatização Diogo Macord, o representante do governo para assuntos econômicos nos EUA Carlos da Costa, o secretário do Programa de Parcerias e Investimentos Bruno Westin, o diretor do BNDES Bruno Laskowsky e o ministro da Infraestrutura Marcelo Sampaio.

Em sua viagem, visitou o Consulado-Geral do Brasil em Nova York, onde foi recebido pela embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo. Na ocasião, trataram sobre as ações e os eventos que objetivam promover as exportações e atrair investimentos para o Brasil.

Também inaugurou a “Casa Brasil Nova York”, que aconteceu em simultâneo à Feira The International Contemporary Furniture Fair (ICFF), uma das mais importantes feiras de design nos EUA.

A Casa Brasil conta com a presença de importantes entidades dos setores de móveis, iluminação, pedras ornamentais, design e do agronegócio por meio de ações de promoção do café, cachaça, vinhos e gastronomia.

Apoiadas pela Apex-Brasil, juntamente com a Abimóvel, sete empresas brasileiras participaram da ICFF 2022. Um dos destaques foi a marca brasileira Modalle, que ganhou o prêmio de melhor design para móveis externos da feira.

"Tendo como tema o conceito 'Brasil in Natura, terra adentro', em formato de mostra, colocando em foco o que há de mais criativo, sustentável, original e único no design brasileiro. O objetivo é levar o melhor dos produtos nacionais com alto design, qualidade, sustentabilidade e inovação, além de aproximar empresários brasileiros a potenciais compradores e investidores nos EUA", destaca Lucas Fiuza.

"Além de serem a maior economia do mundo, os Estados Unidos são também o principal mercado importador de móveis brasileiros no planeta. Em média, 35% das atuais exportações nacionais no setor têm como destino o país norte-americano", complementa o executivo. A expectativa é que o esforço promocional resulte em mais de US$ 20 milhões em negócios imediatos e nos próximos 12 meses.

Agenda com o BID

O diretor da Apex-Brasil cumpriu agenda organizada com o Ministério da Economia e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em NY e Washington DC, levando prefeitos e Secretários Municipais das maiores cidades brasileiras para conhecer experiências de desenvolvimento urbano via parcerias público privadas de sucesso. Entre os prefeitos presentes estava o cearense Roberto Pessoa, prefeito de Maracanaú e o seu Secretário de infraestrutura, Rafael Pessoa.

Um dos cases é o de Hudson Yards, em NY, e as experiências de oficiais da cidade em reunião realizada no Council of Americas, importante entidade de fomento as relações com a América Latina. Na sequência, foi realizado um workshop no BID sobre como o banco pode auxiliar nossos municípios e também conhecer a história do desenvolvimento urbano de Washington e as experiencias do setor público no processo.

Além disso, visitou os bairros do NoMa, Capitol Riverfront e The Wharf, locais denominados de distritos de melhorias de negócios. "São áreas com gestão própria em regime semelhante ao de um condomínio, cuja administração articula e executa os investimentos e ações de manutenção financiadas pelos próprios moradores e empresas presentes nos limites do distrito", destacou o diretor da Apex-Brasil.

"Este tipo de empreendimento tem sido parte integrante das cidades e são essenciais para a regeneração urbana, iniciativas de emprego e aumento dos investimentos", pontuou Lucas Fiuza.

Image