A Ligação: suspense que escorre da tela

A Ligação: suspense que escorre da tela

Na nova produção sul coreana da Netflix a tensão vai subir em alta frequência do começo ao fim.

Em 2000, os atores Dennis Quaid e Jim Caviezel estrelaram um longa de ficção científica chamado Alta Frequência, que era ao mesmo tempo inspirado, bonito em sua relação de pai e filho, mas também tenso, muito tenso. Até hoje continua uma baita filme. O triller contava a história de John Sulivan, policial e pai, que por um mero acaso consegue contatar seu falecido pai no passado através de um rádio amador.

filme_10891-212x300.jpg

 A Ligação, produção sul coreana "origenial" da Netflix trás algo muito semelhante. Vou parar os detalhes do roteiro por aqui e lhe oferecer a oportunidade de conhecer este filme nos mesmos termos que eu: sabendo quase nada. NÃO VEJA O TRAILER! Há coisas que são muito mais interessantes de se descobrir apenas no filme.

 

Screenshot_2020-12-09 a-ligacao-netflix-filme-coreano-suspense-the-call-0-860x484 – Pesquisa Google.jpg

Roteiro e direção de Chung-Hyun Lee, de quem não encontrei mais nenhum trabalho muito expressivo. Por outro lado temos Park Shin-Hye no papel da protagonista Seo-yeon. Se você é um fuçador de filmes da Netflix pode achar o rostinho de Park Shin-Hye familiar. Pois é, ela participou de #Alive, filme de zumbis, também original Netflix. E temos Jong-seo Jun fechando os papeis principais com uma atuação, ainda que bem característica de filmes coreanos, cativa e convence.

 

conheca-parasita-a-producao-coreana-que-esta-conquistando-o-mundo-2.jpg

MELHOR QUE PARASITA?
Ter um filme fora do círculo cinematográfico tradicional como grande vencedor do Oscar tem um significado maior até do que a real qualidade do filme. Vi em alguns posts esta comparação entre Parasita e A Ligação e isso me fez pensar. Se comparados por suas importâncias, A Ligação é covardemente atropelado. Parasita não apenas é uma grande realização cinematográfica, mas trás à tona questões sociais, enquanto o outro tem uma importância fechada em si. O simples fato da comparação existir, já demonstra a importância do filme de Bong Joon Ho. Por outro lado, como peça de entretenimento A Ligação é mais dinâmico, algo está sempre acontecendo, tudo está em constante movimento, diferente dos vários momentos de reflexão de Parasita. Se é melhor ou pior, seu gosto vai dizer, A Ligação é mais o meu estilo que Parasita.