Política

Segurança Pública pode comprometer os planos de Evandro Leitão

Segurança Pública pode comprometer os planos de Evandro Leitão

Na acorrida eleitoral para a prefeitura de Fortaleza, a questão da segurança pública tem se mostrado um dos fatores decisivos para os eleitores. Evandro Leitão, que busca conquistar o apoio da população, enfrenta um desafio nesse quesito. A recente pesquisa do Instituto Paraná, realizada em parceria com a Rede Plus e o CN7, revela que Leitão está atrás de seus principais concorrentes, ocupando a quarta posição com 8,9% das intenções de voto.

Os números mostram uma liderança confortável de Capitão Wagner, que aparece com 33,1%, seguido por Sarto, com 18,1%, e André Fernandes, com 15,9%. Eduardo Girão está logo atrás de Leitão, com 6,0%. Com esses resultados, Wagner estaria garantido no segundo turno, enquanto a disputa pela segunda vaga ainda está em aberto.

A principal base de apoio de Evandro Leitão vem de eleitores ligados aos programas sociais do governo Lula, onde ele tem um forte apelo, especialmente entre as mulheres. No entanto, a crescente preocupação com a segurança tem prejudicado. Muitos eleitores manifestaram insatisfação com a necessidade de sair de casa em um ambiente onde a violência se faz presente, afetando diretamente a percepção de segurança e bem-estar na cidade.

Evandro Leitão tem buscado reforçar seu compromisso com a melhoria da segurança pública, propondo políticas que visam aumentar a presença policial e investir em tecnologia para monitoramento e prevenção de crimes. No entanto, a concorrência com candidatos como Capitão Wagner, que tem uma trajetória mais associada à segurança, torna essa tarefa ainda mais desafiadora.