Política

Alunos de Santa Quitéria não serão mais realocados para Canindé após atuação de Tomás Figueiredo e Eunício Oliveira

Alunos de Santa Quitéria não serão mais realocados para Canindé após atuação de Tomás Figueiredo e Eunício Oliveira

Uma articulação liderada pela comunidade e respaldada por Tomás Figueiredo Sônia Paiva e dos deputados Daniel Oliveira e Eunício Oliveira, resultou na decisão de manter os alunos do Distrito de Saco do Belém em Santa Quitéria, evitando a realocação para uma escola no Salitre, distrito do Canindé.

Tudo começou quando a Cred 7 manifestou intenção de transferir estudantes que frequentam a Escola Júlia Catunda, localizada no Distrito de Saco do Belém, para uma instituição no Salitre, no município de Canindé. Diante dessa perspectiva, Elieuda, diretora da escola em Santa Quitéria, uniu esforços com moradores locais para buscar uma solução junto aos representantes políticos.

Ao serem informados sobre a  realocação dos alunos de Santa Quitéria, Tomás Figueiredo e Sônia Paiva não hesitaram em agir de imediato. Demonstrando um compromisso com a comunidade, mesmo sem mandato, buscaram a colaboração dos Deputados Eunício e Daniel Oliveira. Através da intervenção decidida desses parlamentares, foi possível garantir a permanência dos alunos em Santa Quitéria, reforçando o vínculo essencial entre os envolvidos e a comunidade local. O empenho conjunto de todos revela a importância de lideranças ativas em defesa dos interesses da população.

A boa notícia chegou quando a diretora da escola informou que a Cred 7 havia entrado em contato, garantindo que os alunos do Distrito de Saco do Belém permaneceriam em Santa Quitéria. A ação articulada, que envolveu a comunidade, líderes locais e representantes políticos, demonstra a importância da união para preservar o acesso à educação e o bem-estar das comunidades. A secretaria do Deputado Eunício Oliveira também confirmou o sucesso da intercessão junto à educação do estado, assegurando a permanência dos alunos no município.

A decisão ressalta o poder da mobilização comunitária e a influência positiva de líderes comprometidos com as necessidades locais. A união de esforços entre os cidadãos e seus representantes políticos foi fundamental para garantir que os estudantes de Santa Quitéria continuem a receber educação de qualidade em seu próprio município.