Política

Roberto Cláudio Denuncia Aumento do ICMS no Ceará: "É o Povo Pagando a Conta do Governo do Estado"

Roberto Cláudio Denuncia Aumento do ICMS no Ceará: "É o Povo Pagando a Conta do Governo do Estado"

O ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, utilizou suas redes sociais para expressar profunda preocupação em relação ao recente aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no Ceará. Em um vídeo publicado, Cláudio denuncia que o aumento de 20% no ICMS terá impactos significativos no custo de vida dos cearenses, especialmente para as famílias mais vulneráveis.

No vídeo, Roberto Cláudio destaca que o ano começa com o peso do aumento de impostos sobre a população, afirmando que "é o povo pagando a conta do Governo do Estado". Ele argumenta que o aumento do ICMS incidirá sobre uma ampla gama de produtos e serviços, incluindo alimentos, bebidas, remédios e até mesmo serviços simples, como os oferecidos em salões de beleza.

"O mais grave de tudo isso é que, como o ICMS tem relação com o consumo das famílias, quem mais vai sofrer com esse imposto são as famílias mais pobres do Ceará", ressalta Cláudio. Ele explica que, ao contrário dos mais ricos, as famílias de baixa renda gastam integralmente o que ganham e, muitas vezes, enfrentam endividamento. O ex-prefeito enfatiza que a medida do aumento do ICMS aprofunda a desigualdade em um estado já marcado por disparidades socioeconômicas.

Além do aumento do ICMS, Roberto Cláudio alerta para uma outra medida que passou despercebida no ano anterior: a redução e limitação da cesta básica no Ceará. Produtos como diferentes tipos de arroz, açúcar, aves e carnes foram retirados da cesta básica cearense. O ex-prefeito destaca que tais produtos tinham incentivos fiscais para ficarem mais acessíveis à população de baixa renda.

"Infelizmente, é para acertar as contas do Governo do Estado do Ceará, que vão mal das pernas. Exatamente quem paga mais uma vez a conta desse acerto é a população. E nesse caso, mais dramaticamente, a conta fica mais cara para a população mais pobre", conclui Roberto Cláudio.

A publicação do ex-prefeito provocou debates e discussões nas redes sociais, gerando questionamentos sobre a justiça e os impactos sociais das medidas fiscais adotadas pelo governo estadual. O aumento do ICMS e a limitação da cesta básica foram recebidos com preocupação por diversos setores da sociedade cearense.

Vídeo
https://fb.watch/plotLhX-Qq/