Notícias

BANNER 900X90PX

Elmano firma acordo com Banco Mundial para impulsionar a cadeia de Hidrogênio Verde no Nordeste

Elmano firma acordo com Banco Mundial para impulsionar a cadeia de Hidrogênio Verde no Nordeste

Elmano de Freitas e demais governadores nordestinos assinam acordo de cooperação técnica durante Assembleia Geral do Consórcio Nordeste

Governador anunciou um importante passo na expansão da cadeia de Hidrogênio Verde no Nordeste e, em particular, no Ceará, por meio de uma publicação em suas redes sociais. Durante a Assembleia Geral do Consórcio Nordeste, realizada recentemente, Freitas e seus colegas governadores da região assinaram um acordo de cooperação técnica com o Banco Mundial, visando fortalecer os investimentos em energias renováveis, com foco em projetos de geração de hidrogênio verde.

O encontro contou com a presença do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e reuniu os governadores dos nove estados nordestinos. O principal objetivo do acordo é consolidar o Nordeste brasileiro como um polo mundial da economia verde, estimulando a produção e utilização de energias limpas e sustentáveis, com ênfase no hidrogênio verde.

Com a assinatura deste memorando, o Ceará e demais estados nordestinos poderão aproveitar a vasta experiência do Banco Mundial em projetos de desenvolvimento sustentável em todo o mundo, aplicando-a em seus próprios esforços para promover o Hidrogênio Verde na região.

Em seu comunicado, o governador Elmano de Freitas destacou o avanço do estado do Ceará na implementação do Hub de Hidrogênio Verde no Complexo Industrial e Portuário do Pecém. O projeto já conta com um financiamento substancial do Banco Mundial, no valor de R$ 600 milhões, destinado à modernização do Porto do Pecém, o que fortalece a infraestrutura necessária para a produção e exportação de hidrogênio verde.

A cadeia de Hidrogênio Verde representa uma solução promissora para a transição energética global, uma vez que envolve a produção de hidrogênio por meio de fontes de energia renovável, como a solar e a eólica. O hidrogênio verde é considerado uma alternativa limpa aos combustíveis fósseis e pode desempenhar um papel fundamental na redução das emissões de carbono.

A assinatura deste acordo com o Banco Mundial reforça o compromisso do governo do Ceará e dos demais estados nordestinos com o desenvolvimento sustentável e a promoção de fontes de energia limpa e renovável, contribuindo para a preservação do meio ambiente e a geração de empregos na região.

O passo dado pelos governadores nordestinos representa um marco importante na trajetória do Nordeste brasileiro como líder na produção de energias renováveis, consolidando-se como um polo de referência na economia verde mundial. A cooperação com o Banco Mundial promete impulsionar ainda mais a expansão da cadeia de Hidrogênio Verde na região, trazendo benefícios tanto para a economia quanto para o meio ambiente.

BANNER 900X90PX