Sexta, 20 Outubro 2017 15:42

Três homens morrem enquanto faziam limpeza de tanque em Caucaia

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Três homens morrem enquanto faziam limpeza de tanque em Caucaia Foto reprodução whatsapp

Um funcionário da ONG Aquasis teria entrado na área de tratamento de dejetos de animais, onde há fluxo de gases tóxicos, e desmaiou. Os outros tentaram prestar socorro e também morreram.

 Três homens morreram quando faziam a limpeza de um tanque de dejetos de animais aquáticos na Fundação Aquasis, em Iparana, Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (19).

De acordo com testemunhas, uma pessoa entrou na área de tratamento de dejetos de animais, onde há fluxo de gases tóxicos, e desmaiou.

Outras duas pessoas teriam descido até a área de tratamento para prestar socorro e também morreram. Uma pessoa ainda teria tentado ajudar os funcionários, mas passou mal e desistiu. O homem foi socorrido por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e está hospitalizado.

As vítimas foram identificadas como Raimundo Martins da Silva, Raimundo da Silva de Andrade e Guilherme da Silva Martins.

De acordo com o Sesc, as vítimas são funcionários da organização não governamental Aquasis, que cuida de animais aquáticos que sofrem maus-tratos ou são achados encalhados no litoral do Ceará. O Sesc cede, por contrato, um espaço do balneário em Iparana, para a ONG, que abriga peixes-boi em criadouros.

“O Sesc lamenta e ao mesmo tempo deixa claro, que não tem nenhuma participação no acontecimento. O Sesc Ceará esclarece que o acidente ocorreu nas dependências da Fundação Aquasis, e que não há nenhum funcionário do Sesc envolvido. A Fundação Aquasis é uma instituição voltada para a educação e conservação ambiental, atua nas dependências da Colônia Ecológica em Iparana a partir de um convênio que cede o espaço para a sua atuação”, explica a nota.

A Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis), também lamentou o incidente por meio de nota. “A Associação lamenta e enfrenta neste momento grande pesar após o incidente ocorrido em suas dependências do Centro de Reabilitação de Mamíferos Marinhos em Iparana-Caucaia, espaço cedido pelo Sesc”.

A instituição ainda declarou que já está dando suporte às famílias das vítimas, bem como adotando todas as providências legais e necessárias para minimizar a dor desse momento de perda.

Segundo o Corpo de Bombeiros, é comum a presença de gases tóxicos em poços, onde o ar também é mais rarefeito e a combinação dos fatores, causa desmaios.

Fonte: Tribuna do Ceará

Ler 150 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

© 2017 Ceará em Off. Todos os direitos reservados.Designe e Programação Equipe CEOFF

Procurar